A história do físico que foi de Minas a Marte

Em agosto de 2012, o Curiosity pousava em Marte, tornando-se o maior e mais sofisticado veículo espacial a ser enviado com sucesso a outro planeta. Os radares que permitiram o pouso – um momento crítico da missão – foram projetados por uma equipe liderada pelo físico brasileiro Ivair Gontijo, pesquisador do Jet Propulsion Laboratory (JPL), da agência espacial americana (Nasa).

Ultrassom portátil permite diagnósticos pela tela do celular

O Butterfly iQ é um dispositivo do tamanho de um barbeador elétrico que reúne recursos de inteligência artificial e realidade aumentada para realizar exames de ultrassonografia.

Pílula inteligente quer ser a solução para quem tem medo de injeção

Uma equipe de cientistas de instituições como o MIT (Massachusetts Institute of Technology), a Escola de Medicina da Universidade Harvard e o KTH Royal Institute of Technology, na Suécia, desenvolveram uma pílula inteligente cuja função é substituir êmbolo e agulhas na hora de administrar medicamentos que não podem ser utilizados via oral. O mecanismo foi descrito em um artigo publicado na revista “Science”.

Cientistas avançam em tecnologia para ler pensamento

Cientistas da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, criaram uma tecnologia capaz de analisar atividades cerebrais e transformá-las em fala clara e inteligível – um passo científico significativo para a criação de um sistema que possa ler pensamentos.

Startups levarão tecnologia para ajudar Brumadinho

Por mais que o Governo do Estado de Minas Gerais tenha informado que neste momento “não é necessário realizar campanhas de arrecadação de donativos e água para as vítimas”, as campanhas para ajudar a região de Brumadinho, em Minas Gerais, não param. Na sexta-feira (25), uma barragem de rejeitos de minério de rompeu e a lama invadiu a cidade, deixando várias pessoas mortas ou desaparecidas. Outra barragem corre o risco de romper neste momento, desta vez de água. Cerca de 24 mil pessoas estão sendo evacuadas.

Reconhecimento facial usado na China é testado no Brasil; saiba como opera!

O reconhecimento facial já é usado com outras finalidades no Brasil, como identificar pessoas suspeitas em aeroportos. São raras, porém, as iniciativas voltadas à segurança urbana como a da Bahia ou a de Campinas, que há alguns anos monitora imagens de câmeras para identificar as placas de carros roubados.